Rss Feed
  1. Demo #22

    2 de janeiro de 2014


    Largado
    Composição: Andrei Pereira

    Tenho andado um tanto quanto largado
    Nem meu cachorro quer me acompanhar
    Se você quer me encontrar, amigo, eu sou o cara debaixo da mesa de bilhar
    Volta pra mim o que o diabo te carregue
    Pois de qualquer forma eu vou ficar com uma bandida

    Meus amigos quando me veem atravessam a rua
    Dou meia volta então volto pra casa
    Só pra te imaginar nua
    E não há mulher que eu pague que se iguale ao seu prazer
    E não há cachaça que apague da minha mente você

    Volta pra mim o que o diabo te carregue
    Pois de qualquer forma eu vou estar com uma bandida

    Seja você mulher ou seja, essa cachaça ardida!
    Reações: 
    |
    | |


  2. O Mundo e o Pinto.

    8 de dezembro de 2013

    As vezes tão grande,
    As vezes tão pequeno.
    Reações: 
    |
    | |


  3. Sobre, amar.

    24 de novembro de 2013

    Tem dias que a sua cabeça, que muitas vezes se mostrou infinita, parece tão cheia, sobrecarregada, repleta de coisas que você nem sabe o que fazem ali.
    Dúvidas, certezas, sentimentos... Uma raiva imensa. Um grito contido. Uma lagrima que escorre por dentro. Mas acima de tudo isso, talvez, imperceptivelmente, um único desejo se sobressai, uma maneira de se salvar de todo esse mar de monstros que você mesmo criou e por outros foi alimentado. Ter alguém.
    Alguém, não para usar como válvula de escape, mas alguém pra te completar, pra te fazer feliz, pra se tornar um objetivo de felicidade. Uma pessoa que faça passar despercebidas as coisas ruins. Que quando você pensa nela tudo parece mais fácil de aguentar, as coisas ruins ficam em segundo plano ou se transformam em nada, o céu fica tão leve. Porque se preocupar com bobagens, tolices, se você tem um coração pra cuidar? Uma mente pra curar, alguém que precisa da sua ajuda pra ser feliz, por que quando você faz alguém feliz você se sente feliz, porque é assim que o amor funciona, é a troca de sentimentos, é o proporcionar o prazer alheio à sua outra metade.

    Saiba amar, porque isso é ser amado.

    Reações: 
    |
    | |


  4. Curta Metragem - Abril

    6 de outubro de 2013

    ABRIL - CURTA METRAGEM



    O telefone toca. O rapaz atende e ouve sua namorada dizer que o relacionamento estava acabado. O rapaz sofre, bebe, fica perturbado. Quando o telefone toca novamente, o jovem atende e ouve sua namorada dizer que tudo não passava de uma pegadinha de primeiro de Abril.
    Reações: 
    |
    | |


  5. A cada dia a cobrança da sociedade aos órgãos públicos (e também privados) vem aumentando, muitas vezes de forma agressiva e revolucionaria, como o que se viu com as manifestações brasileiras. O povo exige justiça aos seus direitos e quando estes são ignorados ou desrespeitados a sociedade abre o olho e cobra da forma mais presente possível. E o que muitas vezes foi julgado como atos exagerados e errôneos, do ponto de vista dos manifestantes é uma atitude obrigatória perante a tanta falta de atenção dada a tudo isso que vem acontecendo. Seguindo até mesmo uma ideologia do movimento Punk, de realizar atos imorais de vez em quando só pra acordar a sociedade, trazer de volta a realidade, lembrar que uma vista de perfeição é o sinal do comodismo, muitos manifestantes se expressaram da maneira mais conveniente, para dizer que o governo é do povo e para o povo. Por mais que lhe digam que certas coisas são erradas, só se saberá ao certo quando fizeres. Então cada ação tomada não só individual, mas coletiva leva a sociedade a um nível diferente de pensamento, que quanto mais critico e repulsivo ao comum faz com que a população repense até mesmo sobre sua própria existência. Por mais que a democracia instalada no Brasil não seja assim tão democrática, ainda é uma forma de governo bem mais aceitável do que a de muitos países, mas o povo precisa ter e manter a visão de que assim como existem coisas mais difíceis existem maneiras melhores de se viver. A conquista não começou em 1500 e nem termina aqui. 
    Reações: 
    |
    | |


  6. Demo #21

    6 de setembro de 2013

    Amareloazul
    Composição: Andrei Pereira

    É tão bom olhar no fundo dos seus olhos e ver um pouco do oceano
    É tão legal seus cabelos ao vento, voando
    Seus lábios parecem com a fruta que eu mais que devorar/provar
    Mas, tem um problema.
    O problema é que você diz não estar pronta.

    Eu peço a conta, eu vou pra casa, e de novo por você eu vou chorar.
    Reações: 
    |
    | |


  7. Demo #20

    1 de setembro de 2012

    Nem todo Rock é sobre Amor
    Composição: Andrei Pereira

    Nem todo Deus é salvação
    Nem toda nuvem tras chuva
    Nem toda a luz esta na ação
    E nem todo Rock é sobre amor.

    E se você acordasse em outros braços
    Achando que o sol ta nascendo mas, ta se pondo
    Com o copo seco e um toco de cigarro
    Queimando teus dedos ao poucos.

    Se um dia você abrisse a porta
    E as ruas estivessem todas tortas
    Se um tapa na cara fosse um beijo
    Se o lado avesso fosse o certo.

    Nem tudo visto é o que se vê
    Nem tudo ouvido é o que se fala.
    E nem todo Rock é sobre Amor.
    Reações: 
    |
    | |